Conheça as principais causas para alergia à roupa.

Embora seja uma condição rara, a alergia a tecido, ou dermatite de contato têxtil, pode vir a se tornar um incômodo para aqueles acometidos pela doença. Sabendo disso, preparamos esse artigo para evidenciar informações acerca do assunto e compartilhar dicas úteis para a rotina. Continue a leitura para conferir todos os detalhes.



O que é dermatite de contato?


Em linhas gerais, a dermatite de contato é uma inflamação que ocorre na pele após o contato com substâncias, ou objeto irritante, como por exemplo, tecidos, cosméticos, produtos de limpeza, bijuterias, entre outros.


As crianças são propensas a apresentar esse problema devido a pele ser mais sensível. Assim como pessoas idosas, pela pele mais seca ou dermatite, também podem desenvolver certa intolerância frente a determinados tecidos.


Pessoas acometidas por esta alergia costumam sofrer com a aparição de vermelhidões, descamações, coceiras e brotoejas na pele. Por este motivo, é importante que a causa da dermatite seja identificada, pois assim é possível evitar o objeto ou a substância irritante.


Como identificar a dermatite de contato?


Para identificação da doença é preciso consultar um dermatologista que, por meio da avaliação dos sinais e sintomas apresentados, irá auxiliá-lo frente ao reconhecimento das possíveis causas. Comumente, o médico pode indicar que testes sejam realizados para identificar qual a substância ou objeto estão promovendo as irritações na pele.


05 dicas para evitar a alergia na hora de lavar as roupas.


A lavagem é outro importante fator quando pensamos em alergia. Até os tecidos naturais ou antialérgicos podem provocar reações na pele se forem lavados com determinados produtos de limpeza aos quais as crianças ou os adultos da casa tenham sensibilidade.

1 - Lave as peças novas antes do uso:

É sempre válido lembrar que durante a linha de produção, transporte e até mesmo no armazenamento, as roupas podem acumular poeira, ácaro, percevejos, além de passar por diversas mãos. Por isso, sempre lave as roupas novas antes de vesti-las. As alergias causadas pelo uso de roupas novas não higienizadas podem chegar a 14 tipos diferentes.



2 - Utilize produtos neutros e sem perfume:


Produtos neutros são aqueles que têm o pH mais próximo da nossa pele, desta forma, não agridem a microflora cutânea e reduzem a chance de alergias e irritações na pele.


3 - Enxágue as roupas corretamente:


Fique atento na hora de enxaguar as roupas, pois o excesso de resíduos de produtos de limpeza podem acarretar em irritações dermatológicas e influenciar na higienização das peças. Então, sempre certifique-se que o enxágue foi feito corretamente e se necessário, repita o processo.


4 - Limpe a máquina de lavar com regularidade:


Além da limpeza das roupas, é muito importante que você mantenha os eletrodomésticos limpos, em específico, a máquina de lavar. Esses equipamentos também acumulam bactérias e microorganismos que podem ser causadores de alergias e irritações. Sendo assim, limpe a sua máquina de lavar de tempos em tempos.


5 - Seque as roupas adequadamente:


Assim como o enxágue é essencial, é preciso secar corretamente as roupas lavadas. Afinal, a umidade influencia na proliferação de mofo e microorganismos responsáveis por causar problemas respiratórios e dermatológicos.


Lembrete: Para garantir uma limpeza e higienização completa no seu vestuário, leve as suas peças até uma lavanderia parceira Washtec e receba atendimento especializado. Nossa higienização é de qualidade e utilizamos produtos importados que impedem a proliferação de microorganismos durante meses. Por isso, não hesite em nos procurar.


Se você gostou da leitura, compartilhe com familiares e conhecidos que podem se interessar pelo assunto. Além disso, se quiser acompanhar outros artigos com informações relevantes para o seu dia-a-dia, confira os demais títulos que temos em nosso blog.


1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo